Criando Um Volume RAID 1 no Windows 2003 Server

O RAID 1, conhecido também como espelhamento (mirror), ou seja, os dados do disco (HD) são divididos e gravados em dois ou mais discos ao mesmo tempo, oferecendo assim, uma redundância dos dados com segurança e tolerância a falha. O RAID 1 tende a ter uma lentidão maior na gravação de dados nos discos, porém sua leitura será mais rápida, pois o sistema terá duas pontes para acessar os arquivos.
No RAID 1 são utilizados no mínimo dois discos, sendo que o segundo será uma copia idêntica do primeira, um clone. Na pratica, os dois discos serão apresentados como um só pois o segundo seria um espelho (copia) dos dados gravados no primeiro, no caso de falha de um dos discos você terá uma copia de segura no segundo disco, é ideial para ambiente que devem ter alta confiabilidade e segurança do sistema.

Vantagens:
– Caso algum setor de um dos discos venha a falhar, basta recuperar o setor defeituoso copiando os arquivos contidos do segundo disco.
– Segurança nos dados (com relação a possíveis defeitos que possam ocorrer no HD).

Desvantagens:
– Custo relativamente alto se comparado ao RAID 0.
– Ocorre aumento no tempo de escrita.
– Não é usado paridade.

Após instalar os discos no servidor e fazer logon com a conta de administrador, abra o Gerenciamento do Computador (compmgmt.msc)  disco1

Selecione o Gerenciamento de Disco.
disco-10

Na tela Bem-vindo ao ‘Assistente para inicialização e conversão de disco’ clique em Avançar.
disco-12
Na tela Selecionar discos para inicializar selecione os dois discos novos e clique em Avançar.
disco-13
Na tela Selecionar discos para converter selecione os dois discos novos e clique em Avançar.
disco-18
Na tela Concluindo o ‘ Assistente para inicialização e conversão de disco ‘ clique em Concluir.
disco22
O resultado será dois discos dinâmicos.
disco-16
Clique com o botão direito do mouse no primeiro disco e selecione Novo Volume…
disco-1
Na tela Bem-vindo ao ‘Assistente para novos volumes’ clique em Avançar.
disco-2
Na tela Selecionar tipo de volume, marque o botão de opção Espelhado e clique em Avançar.
disco-3
Na tela Selecionar discos, selecione o segundo disco e clique em adicionar
disco-4
Após adicionar o segundo disco clique em Avançar.
disco-5
Na tela Atribuir uma letra de unidade ou caminho, escolha uma letra que deseja atribuir ao volume e clique em Avançar.
disco-6
Na tela Formatar volume, informe um rotulo para o novo volume, marque a caixa de seleção executar formatação rápida (no caso de discos que nunca foram usados) e clique em Avançar.
disco-7
Na tela Concluindo o ‘Assistente para novos volumes’ clique em concluir.
disco-8
O novo volume será sincronizado.
imagem9

Ao termino da operação o volume estará pronto para ser utilizado.

disco-20

Nesse artigo vimos como criar um volume espelhado, com alta performance de leitura e tolerante a falha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: